A
     
     
     
     
     
     

    Anderson Daronco desmente rumores de que virou árbitro por não saber jogar futebol

    Juiz foi o convidado do Paredão do Guerrinha e brincou sobre a escolha de sua profissão

    Anderson Daronco participou do programa Paredão do Guerrinha

    Foto: Diego Vara /Agencia RBS

    O árbitro gaúcho Anderson Daronco se disse ouvinte da Rádio Gaúcha, principalmente do programa Sala de Redação e do Paredão do Guerrinha. E ele foi o convidado de Adroaldo Guerra Filho, neste sábado (05), quando contou um pouco sobre sua história e a rotina de um juiz de futebol. 

    "Eu moro em Santa Maria e nesse últimos dois, três anos e particularmente nesta temporada a rotina de viagem está muito grande. Passei praticamente agosto inteiro fora, seja em treinamentos ou em jogos. Eu fiz oito jogos, foi um mês atípico", contou.

    Daronco fez o curso de arbitragem em 1999, um ano depois de entrar na faculdade de Educação Física. E brincou, sobre os rumores de que não sabia jogar bem futebol e que por isso teria virado árbitro. 

    "Existe uma lenda muito mal contada a meu respeito de que eu seria perna de pau. Eu seria um excelente jogador. Volante ou zagueiro, eu seria multifuncional. Eu gostava muito de jogar futebol de salão", revelou, antes de confessar que quando joga, gosta de marcar forte. 

    Ouça a íntegra do Paredão do Guerrinha com Anderson Daronco

     
    Comentários