A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 11/07/2017 13h04

    Anunciada liberação de novas vagas na penitenciária de Canoas

    Galeria com capacidade para 144 presos poderá ser ocupada a partir de hoje

    Galeria poderá receber 144 presos primários a partir de hoje

    Foto: Paulo Rocha /Rádio Gaúcha

    A Penitenciária Estadual de Canoas foi liberada para receber mais presos nesta terça-feira (11). O anúncio foi feito pelo governador José Ivo Sartori em vistoria ao complexo, nesta manhã, no bairro Guajuviras.

    Praticamente vazio, o presídio ainda carece de obras de infraestrutura de contratação de agentes para receber a totalidade de presos que tem capacidade. Dos quatro módulos, apenas um está ocupado com 393 pessoas. Ao todo, o complexo pode receber 2.808 presos em regime fechado. 

    Segundo a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), a galeria A do Módulo 2 pode abrigar, a partir de hoje, 144 presos. O perfil será de presos provisórios, que nunca estiveram no sistema prisional, condenados pela primeira vez e sem ligação com facções ou grupos criminosos. A Susepe não dá prazo para ampliar o envio de apenados para o local.  


    Foto: Paulo Rocha/Rádio Gaúcha

    O que falta

    Uma das obras pendentes foi solucionada de forma provisória no mês passado. A prefeitura de Canoas pavimentou, com brita, a estrada de chão batido de quase um quilômetro, que leva aos três módulos vazios do complexo. A última licitação para pavimentação do trecho não teve ofertas. O valor de R$ 1,8 milhão foi considerado baixo pelas empresas interessadas. Já a construção da estação de bombeamento de esgoto tem previsão de conclusão para 30 dias. 

    No entanto, o principal entrave para a lotação completa do complexo passa por recursos humanos.  A Susepe precisa aguarda a formação de agentes do mais recente concurso, o que é previsto para fevereiro do ano que vem. Serão 620 agentes penitenciários e 100 agentes administrativos a mais.

    Gaúcha
     
    Comentários