A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 10/09/2015 11h43

    Após 6h de bloqueio, estudantes liberam saída de ônibus em Erechim

    Protesto iniciou às 5h, quando foram colocadas correntes nos portões da empresa

    Manifestação iniciou às 5h e não tem previsão de término

    Foto: Portal Auonline - Erechim

    Nenhum ônibus da única empresa responsável pelo transporte municipal em Erechim, no Norte do Estado, saiu às ruas no município na manhã desta quinta-feira (10). Um protesto de estudantes que pedem por passe-livre e redução do preço das passagens bloqueou por seis horas os portões da empresa.

    Os manifestantes colocaram correntes nos portões e queimaram pneus e madeiras. A empresa limpa, agora, os resquícios deixados pelo fogo. Os ônibus, no entanto, só devem voltar após 12h30. O preço da passagem em Erechim subiu de R$ 2,25 para R$ 2,60 no dia 1º de setembro. 

    Segundo o diretor da empresa João Batistus, os manifestantes seriam da Univesidade Federal da Fronteira Sul. Ele diz que as tentativas de diálogo iniciadas pela empresa foram rejeitadas pelos estudantes. Não foi dada previsão de liberação dos portões.

    A Brigada Militar esteve no local. Como não foi registrado confrontos, as viaturas retornaram ao batalhão. 

    GAÚCHA
     
    Comentários