A
     
     
     
     
     
     

    Caxias: FSG anuncia descoberta de fungo que pode causar infecções

    Entre as doenças que podem ser provocadas pela espécie está a meningite

    A Faculdade da Serra Gaúcha (FSG) anunciou a descoberta de um novo fungo que ainda não havia sido catalogado em humanos. Segundo a pesquisa da professora Alexandra Flávia Gazzoni, responsável-chefe do Laboratório de Microbiologia Oral e Patologia Bucal da instituição, o fungo Exophiala osmophila pode causar inclusive a meningite. 

    A descoberta ocorreu a partir da foto de uma pessoa com lesão na unha do pé, enviada por uma aluna da faculdade. O laboratório fez coletas do fungo e enviou amostras para a Universitat Rovira i Virgili, da Espanha, que é parceira em um trabalho conduzido pela professora Alexandra de cadastro dos fungos existentes no Rio Grande do Sul. Foi verificado que não havia registros desse fungo causando doença em seres humanos. 

    Testes em animais indicam que o potencial virulento do fungo pode ser maior, inclusive em relação a outros fungos do gênero Exophiala, podendo causar meningite. Em entrevista ao Gaúcha Repórter da Gaúcha Serra, a professora explicou que a pesquisa ainda busca identificar em quais circunstâncias as pessoas podem ser infectadas pelo fungo. Conforme Alexandra, o medicamento que poderá ser desenvolvido será por via oral, e não aplicado superficialmente - mas ainda há um longo caminho a ser percorrido pela pesquisa. 

    Os próximos passos são a análise da susceptibilidade desse fungo aos medicamentos, verificando quais são as doses mínimas e máximas para o combate às infecções.

    Gaúcha Serra
     
    Comentários