A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 07/06/2013 19h43

    Ciclista atropelado na ciclovia da José do Patrocínio alerta para cuidados com a nova travessia

    Passagem para ciclistas será oficialmente inaugurada neste sábado

    A ciclovia do bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, está pronta e será inaugurada neste sábado (08). Mesmo antes da inauguração, o trecho na rua José do Patrocínio, já causa polêmica. Comerciantes da região são contrários a faixa para ciclistas pois alegam perder vagas de estacionamento para os clientes.
    Pontos de táxi precisaram ser deslocados, o que também gerou descontentamento por parte dos taxistas. Na semana passada a reportagem da Rádio Gaúcha flagrou táxis estacionados no trecho em frente ao Bar Opinião, em cima da ciclovia. 
    Nesta sexta-feira (07), uma situação preocupante alerta aos motoristas e, principalmente, aos que pedalam por lá. Um ciclista foi atropelado no cruzamento da rua José do Patrocínio com a Sarmento Leite. O comerciante Cesar Borchar, de 28 anos, conta que estava seguindo na ciclovia no sentido bairro-centro e no cruzamento com a Rua Sarmento Leite foi atropelado por um carro que não parou. O motorista fugiu do local sem prestar socorro.
    O Código de Trânsito Brasileiro estabelece que o motorista deve parar na ciclovia, quando ela cruza uma rua, como é o caso da José do Patrocínio. A preferência é do ciclista. César não conseguiu registrar ocorrência na EPTC, pois é preciso que os dois estejam na cena do acidente e o motorista fugiu logo depois do atropelamento. Nesses casos é preciso registrar ocorrência na Delegacia de Trânsito. 
    A multa para quem trafega em cima da ciclovia é considerada gravíssima e custa sete pontos na carteira e R$ 574,00 
     
    Comentários