A
     
     
     
     
     
     

    Cidades do interior ainda têm baixa adesão ao CPF na nota

    Programa Nota Fiscal Gaúcha completa dois anos neste mês

    O programa Nota Fiscal Gaúcha completa neste mês dois anos do lançamento e adesão nos 497 municípios gaúchos. Na Capital, 17% dos moradores está cadastrado no programa. No entanto, a participação é menor no interior do Estado. Entre as dez maiores cidades, Santa Maria é a que mais aderiu ao CPF na nota, com 13% dos moradores inscritos. Entre as maiores, Viamão é a que tem menos participantes, 5% da população.

    Mas são nas cidades com menos de 100 mil habitantes que encontramos casos em que a nota ainda não emplacou. Um exemplo é Uruguaiana, onde 4% dos moradores está cadastrado na Nota Fiscal Gaúcha. Curioso é que há exceções, como Livramento, onde o índice de participantes alcança o mesmo da Capital, 17%.

    Um dos fatores que explica a baixa adesão é o programa ter sido implantado aos poucos e ainda ser novidade em muitos municípios. O outro é o número de estabelecimentos que pedem o CPF na nota. Porto Alegre tem o maior número de cadastrados, 254 mil pessoas, mas porque, além de ser pioneira no programa, é também a que mais tem estabelecimentos comerciais cadastrados. São 36 mil negócios. 

    A cidade que menos tem participantes é a pequena Pinhal da Serra, com 2 mil habitantes. A cidade tem 40 estabelecimentos participando, mas apenas sete cadastrados. Ricardo Neves Pereira, subsecretário da Receita Estadual e coordenador da campanha Nota Fiscal Gaúcha, também acrescenta que muitas pessoas ficam receosas de repassar os dados e que, nas cidades que o desempenho é muito bom, tem muito envolvimento da comunidade em reforçar a importância de declarar para ampliar a arrecadação e repassar para áreas essenciais, além de poder escolher entidades de assistência social, educação e saúde para serem beneficiadas.

    Quem participa do programa concorre a prêmios em dinheiro. Mais de R$ 15 milhões já foram sorteados, além de câmeras fotográficas digitais e sorteio de ingressos de jogos de futebol. Foram doados R$ 31 milhões a 1,8 mil entidades. Além disso, o cadastrado pode receber desconto de até 5% no pagamento do IPVA. 

    Confira o ranking das maiores cidades participantes:

     
    Comentários