A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 19/05/2017 14h46

    Correspondente Ipiranga - 12h50

    Confira o resumo da última edição

    - STF autoriza investigação de Temer por corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça

    - Delação da JBS aponta que presidente pedia propina desde 2010

    - Mais de 60 mil clientes estão sem luz por causa do forte vento da noite passada em 118 municípios gaúchos

    - Já são mais de seis milhões de inscritos no Enem deste ano.

    - Ministro interino de Justiça da Coreia do Sul apresentou sua renúncia hoje. Ele fez o anúncio após uma investigação interna em sua pasta que aponta negligência no caso que acabou com o Impeachment da presidente sul-coreana.

    - Três catarinenses foram presos na Itália suspeitos de participar de um esquema de cidadania ilegal.

    - Polícia Civil divulgou os nomes dos quatro principais mentores e financiadores da construção de um túnel no Presídio Central para fuga que ocorreria durante o Carnaval.

    - Um carro caiu do viaduto da BR-448 sobre a BR-116 em Sapucaia do Sul e o motorista morreu.

    - Município de Bento Gonçalves está sem coleta de lixo.

    - Metalúrgicos do Estaleiro QGI Brasil voltaram ao trabalho após dois dias de greve em Rio Grande.

    - Mais de 60 mil clientes da empresa RGE Sul estão sem energia elétrica por causa do forte vento.

    - Agência de classificação de risco Fitch decidiu manter a nota de crédito soberano do Brasil em "BB" - que significa dois degraus abaixo do grau de investimento.

    - Comissão de Valores Mobiliários abriu uma investigação sobre os negócios de câmbio e ações feitos por executivos da JBS.

    - Deputado federal de oposição Alessandro Molon classificou como gravíssimos os áudios do diálogo entre o presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista.

    - Aliado de Temer, deputado Darcísio Perondi afirmou que o presidente recebeu o dono do grupo JBS, Joesley Batista, apenas uma vez, no começo de março.

    - Delação de Joesley Batista, um dos proprietários da JBS, diz que o presidente Michel Temer solicitava pagamentos irregulares à empresa desde 2010.

    Gaúcha
     
    Comentários