A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 09/09/2015 12h53

    Correspondente Ipiranga - 12h 50

    Confira o resumo e ouça a íntegra desta edição

    - Economia gaúcha encolhe no segundo trimestre.

    - Contas do Estado devem ser desbloqueadas.

    - Fortunati descarta uso da Guarda Municipal para ajudar no policiamento ostensivo em Porto Alegre.

    .................................................

    - Tribunal de Contas da União fará auditoria na dívida do Rio Grande do Sul com a União.

    - Técnica em Enfermagem do Hospital Centenário de São Leopoldo é ferida durante tiroteio.

    - Relojoaria foi assaltada no Centro de Guaíba.

    - Bombeiros de Cachoeira do Sul localizam corpo de homem desaparecido em rio desde o fim de semana.

    - Passados cinco meses do desaparecimento da professora de UFpel Cláudia Hartleben,  Ministério Público recebe resultados de perícias.

    - Deputados da bancada gaúcha na Câmara pressionam governo do Estado para que solucione o problema da violência urbana.

    - Procurador-geral de Justiça do RS afirma que Força Nacional de Segurança só deveria ser acionada para casos pontuais no Estado.

    - Prefeito de Porto Alegre alega que não há condições colocar guarda municipal no policiamento ostensivo.

    - Operação tapa-buraco realizada durante 40 dias em Porto Alegre custou R$ 3 milhões.

    - Secretário estadual adjunto da Saúde descarta problemas de atendimento no Samu.

    - Secretaria da Fazenda projeta que as contas do Estado estarão desbloqueadas na quinta-feira(10).

    - Inflação para o consumidor perdeu força em Porto Alegre na primeira semana de setembro.

    - IGP-M começa setembro com variação de 0,56%.

    - Produção da indústria brasileira recuou em julho em oito dos 14 locais pesquisados pelo IBGE, mas subiu no RS.

    - Produto Interno Bruto gaúcho teve retração de 0,6% no segundo trimestre de 2015.

     

     

     
    Comentários