A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 11/09/2015 8h59

    Correspondente Ipiranga - 8h

    Confira o resumo e ouça a íntegra desta edição

    - Após rebaixamento do Brasil, Banrisul e mais 11 bancos perdem selo de bons pagadores.

    - Preso na capital um dos traficantes mais procurados pela polícia.

    - Última onda de frio antes da primavera derruba temperaturas no Rio Grande do Sul.

    - Movimento de passageiros com destinos internacionais caiu 20% no Aeroporto Salgado Filho entre janeiro e julho.

    - Quatro mortos e 23 desaparecidos é o saldo das inundações provocadas por um tufão no Japão.

    - Principal líder da oposição na Venezuela foi condenado a 13 anos de prisão.

    - Apagão atingiu à noite passada o aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

    - Trânsito congestionado em vários pontos da capital neste início de manhã.

    - Idoso morreu atropelado na BR-101 em Terra de Areia.

    - Última onda de frio antes da Primavera já provoca temperaturas baixas no Rio Grande do Sul.

    - Quarenta e quatro entidades de servidores públicos estaduais decidem hoje se encerram a greve.

    - Segunda parcela do salário de agosto já está na conta dos servidores estaduais.

    - Diretor de uma escola da rede pública do interior do Amazonas foi preso acusado de violentar nove estudantes entre 12 e 18 anos.

    - Homem é preso com 100 Kg de maconha na BR-386.

    - Preso um dos traficantes mais procurados pela polícia.

    - Bandidos tentam abrir caixa eletrônico do Santander no bairro Canudos em Novo Hamburgo.

    - Motorista de lotação reage a assalto e joga o veículo contra uma guarita da Brigada Militar, em Porto Alegre.

    - Edilson Capetinha é o ex-jogador da seleção brasileira investigado pela Polícia Federal por fraudes no pagamento de prêmios de loterias da Caixa.

    - Lobista Fernando Baiano fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal para contar o que sabe sobre o esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato.

    - Governo federal prometeu responder ao rebaixamento da nota do Brasil pela agência de risco Standard & Poors com mais cortes de gastos.

    - Agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou a nota de 45 empresas brasileiras.

     
    Comentários