A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/06/2017 13h11

    Em meio a crise financeira, Charqueadas vota na próxima semana extinção de secretarias e cargos de comissão

    A estimativa é economizar R$ 400 mil por mês com a redução dos CCs

    A Prefeitura de Charqueadas encaminhou um projeto de lei à câmara de vereadores da cidade para reduzir o número de cargos de comissão e secretarias. A votação deve ocorrer entre segunda (19) e terça-feira (20).

    Atualmente, a Prefeitura tem 290 cargos comissionados e a intenção é diminuir para 150. De acordo com o prefeito de Charqueadas - Simon Heberle de Souza, a estimativa é economizar R$ 400 mil por mês com a redução dos CCs. Está prevista uma junção entre quatro secretarias: meio ambiente com saúde, administração com planejamento urbano, fazenda com desenvolvimento econômico e educação com cultura.

    A prefeitura prometeu cortes em todas as áreas para fazer caixa e manter o pagamento da dívida com São Jerônimo. A cidade tem quatro anos para pagar R$ 37 milhões. A dívida data do final dos anos 1970 e início dos 1980 e se trata de valores investidos pela cidade vizinha em infraestrutura, que viabilizaram a emancipação de Charqueadas.

    O Pronto Atendimento da cidade que custa cerca de R$ 450 mil por mês foi fechado nesta sexta-feira (16).

     

    Gaúcha
     
    Comentários