A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 18/06/2017 16h32

    Empresário sequestrado em quadra de futsal é resgatado em Alvorada

    Bandidos exigiam R$ 150 mil pela libertação; Vítima foi encontrada pela Brigada Militar amordaçada em uma casa do bairro Umbú

    Brigada Militar estourou o cativeiro e encontrou a vítima

    Foto: Brigada Militar

    O dono de uma quadra de futsal foi sequestrado por criminosos em Alvorada, na Região Metropolitana, na noite de sábado (17). Os bandidos exigiram a quantia de R$ 150 mil pela libertação, mas a Brigada Militar descobriu a localização do cativeiro e conseguiu resgatar a vítima.

    A ofensiva dos sequestradores começou por volta das 21h40. Cerca de quatro bandidos armados, fardados com camisetas da Polícia Civil e com toucas ninjas, invadiram a cancha no bairro São Caetano. Eles foram direto até a copa, onde estava o empresário, de aproximadamente 30 anos. A vítima foi rendida e levada do local pelos criminosos em um Peugeot 207.

    A família passou a ser ameaçada por telefone pelos criminosos. Eles diziam que matariam o empresário caso não fosse entregue a quantia em dinheiro. Os parentes da vítima ligaram para a Brigada.

    Os PMs da seção de inteligência já monitoravam uma quadrilha de roubo de carros, que estava pedindo dinheiro pela entrega dos veículos, e desconfiaram que o mesmo grupo tinha feito o sequestro. Os brigadianos conseguiram a informação sobre a localização do bando e foram até a região, já por volta das 3h30, antes que a família desse dinheiro aos bandidos.

    Ao chegarem na Rua 47 do bairro Umbú, os policiais perceberam que quatro homens passaram a pular pátios de casas para fugir. Três deles conseguiram escapar, mas um deles foi detido. Era um adolescente, de 17 anos, que estava com uma pistola nove milímetros.

    Depois disso, os policiais arrombaram o casebre de madeira de onde os suspeitos saíram. A casa não tinha nenhum móvel, somente um monitor, com imagens de câmeras da rua em frente, uma cadeira e um colchão em um quarto. Foi nesta peça que foi encontrado o empresário, que estava com as mãos amarradas, amordaçado e vendado em um quarto escuro. Ele não estava ferido.

    O carro usado no sequestro era roubado e foi encontrado estacionado na casa. O adolescente detido foi apresentado na Delegacia de Pronto Atendimento de Alvorada,  que o apreendeu pelos crimes de extorsão mediante sequestro, roubo, e porte ilegal de arma de fogo.

    A BM fez buscas durante a madrugada pelos demais envolvidos, mas eles não haviam sido encontrados até a publicação desta matéria. A investigação da Polícia Civil ficará com a Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais. O delegado Joel Wagner afirma que monitorou a ocorrência durante a madrugada, mas como a BM conseguiu o resgate e uma prisão somente se manifestará nos próximos dias.

    Gaúcha
     
    Comentários