A
     
     
     
     
     
     

    Escolas estaduais devem adotar calendário especial para recuperar aulas na Região Sul

    Medidas devem ser adotadas nos meses de dezembro e janeiro, após greve dos professores

    Devem ser cumpridos 200 dias letivos e mil horas/aula

    Foto: Karoline Avila /Rádio Gaúcha Zona Sul

    A 5° Coordenadoria Regional de Educação, em Pelotas, e a 18° Coordenadoria Regional de Educação, em Rio Grande, devem adotar estratégias, como aulas aos sábados e turnos extras nos meses de dezembro e janeiro, para recuperar os dias letivos perdidos com a greve dos professores. Cada escola definirá o seu calendário.

    A 18° CRE, que representa 41 escolas dos municípios de Rio Grande, São José do Norte, Santa Vitória do Palmar e Chuí, informou que no caso do ensino médio há uma necessidade menor de aulas a mais, já que antes da greve, os alunos tinham horários aos sábados.  Devem ser cumpridos 200 dias letivos e mil horas/aula. No ensino fundamental, são 800 horas/aula.

    De acordo com a coordenadora-adjunta, Gisá Bueno, ainda será definido como será feito o transporte escolar da Prefeitura a alunos de escolas rurais. No período de férias, os ônibus deixam de operar. Segundo a 18° CRE, mais de 11 dias precisam ser recuperados.

    A 5ª Coordenadoria Regional de Pelotas não descarta a possibilidade de recuperar as aulas perdidas no ano de 2016. A informação é do titular da pasta, Antonio Carlos Brod. Ainda devem ser realizadas aulas nos sábados e turnos inversos em algumas escolas. São 132 escolas abrangidas pela 5ª CRE, 54 delas em Pelotas.  O repasse do Governo do Estado com as escolas está atrasado desde julho. A dívida já acumula quase R$ 300 mil.

    Hoje, em Rio Grande, será realizada uma Assembleia Regional do Cpers, na Escola Juvenal Miller, as 13h30. Será feita a avaliação do movimento para a Assembleia Estadual, na sexta-feira à tarde, em Porto Alegre.  O dia 11, dia em que os servidores receberão a segunda parcela do salário, deve ser o último de greve dos professores. 

     
    Comentários