A
     
     
     
     
     
     

    Eurico pede desculpa por 6 a 0 sofrido pelo Vasco diante do Inter: "Vergonhoso"

    Presidente vascaíno se pronunciou nesta sexta-feira (4), antes da apresentação de Leandrão

    Presidente do Vasco pediu desculpas à torcida

    Foto: Marcelo Sadio

    Depois de dizer que, se o Vasco caísse, moraria na Sibéria, o presidente Eurico Miranda fez um pronunciamento pedindo desculpas à torcida pelos 6 a 0 tomados diante do Inter, na quarta-feira, e disse que a equipe não vai desistir da permanência na Série A. Nesta sexta (6), Miranda tomou a palavra antes da apresentação do atacante Leandrão, advindo do Brasil-PEL.

    Veja todas as notícias do Inter
    Acompanhe a tabela do Brasileirão 2015

    "Fiz questão de me pronunciar, estou fazendo um comunicado oficial da diretoria. Pessoalmente, como presidente, nós somos obrigados a aceitar, mas não nos conformamos com um resultado de 6 a 0. O resultado para o Vasco é vergonhoso. Então, quero dizer que, em primeiro lugar, em nome do Vasco, peço desculpas à torcida por esse resultado e expressei aos jogadores a nossa vergonha. Termino dizendo que não desistimos e vamos continuar o que nós traçamos no sentido de atingir o nosso objetivo. Não tem desistência. Ponto", enfatizou.

    Com apenas 13 pontos, o Vasco é o lanterna do Brasileirão. O Goiás, primeiro time fora da zona de rebaixamento, tem 12 pontos a mais que os cariocas. Na 23ª rodada, o Vasco enfrenta o vice-líder, Atlético-MG.

     
    Comentários