A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 19/05/2017 17h35

    Feira Senegalesa começa neste sábado em Caxias do Sul

    Imigrantes poderão vender produtos próximo a feiras do agricultor e ponto de safra

    Foto: Roni Rigon /Agencia RBS

    Caxias do Sul terá, a partir deste sábado (20), a Feira Senegalesa. Os imigrantes serão autorizados pela Secretaria do Urbanismo a comercializar produtos próximo a cinco feiras do agricultor e um ponto de safra. 

    Para participar da feira, os senegaleses têm de possuir cadastro de microempreendedor individual ou licença para venda itinerante. Eles também estarão identificados com crachás. Os produtos devem ter procedência confirmada.

    Com essa iniciativa, os senegaleses não poderão vender em pontos fixos no centro da cidade ou calçadas, o que é proibido pelo Código de Posturas. Conforme a secretária Mirangela Rossi, existe um termo em que eles se comprometem a permanecer apenas nesses pontos que foram acordados. 

    A iniciativa partiu de um projeto conjunto do Centro de Atendimento ao Migrante (CAM) e da Associação de Senegaleses. Desde o início do ano, a prefeitura tenta retirar os imigrantes que vendem de forma irregular nas ruas de Caxias do Sul, especialmente na Avenida Júlio de Castilhos. 

    Uma avaliação da medida será realizada em um mês, o que poderá possibilitar a ampliação da Feira. 

    Locais da Feira Senegalesa:

    Feiras do Agricultor

    Terça-feira – 16h às 19h – Praça das Feiras (bairro São Pelegrino)

    Sexta-feira – 6h às 9h – EC Juventude (Rua Hércules Galló, bairro Centro)

    Sexta-feira – 9h15 às 11h – Rua Dr. Cezare Ardizioni (bairro Fátima Alto)

    Sábado – 6h às 9h – Maesa (Rua Plácido de Castro – bairro Nossa Senhora de Lourdes)

    Sábado – 6h30 às 11h30 – Praça das Feiras (bairro São Pelegrino)


    Ponto de Safra

    Sexta-feira – 5h30 às 16h - na Rua Moreira César (entre as ruas Os 18 do Forte e Sinimbu)

    Gaúcha
     
    Comentários