A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/07/2017 10h25

    Giane Guerra: Cai aposta para inflação, dólar e Selic

    Ao mesmo tempo, parou de reduzir a projeção para o PIB e melhorou a expectativa para a produção industrial.

    Foto: Reprodução /Site Bovespa

    As previsões do mercado para a economia trouxeram boas notícias nesta semana. Influenciado por ocorrências, como deflação de junho divulgada pelo IBGE, o relatório Focus apontou queda na previsão para inflação, dólar e Selic em 2017. Ao mesmo tempo, parou de reduzir a projeção para o PIB e melhorou a expectativa para a produção industrial.

    A aposta para o IPCA caiu pela sétima semana consecutiva. Agora, passou de 3,38% para 3,29%. É a inflação oficial do país. 

    A taxa de câmbio também foi reduzida. Passou de R$ 3,35 para R$ 3,30. Na semana passada, a notícia da condenação do ex-presidente Lula derrubou a cotação da moeda.

    Reflexo da queda da inflação, também caiu a projeção para a taxa de juros Selic. Passou para 8% ao ano, nível anterior à crise política iniciada em maio com a delação da JBS. 

    Produção industrial: previsão subiu para +0,97%
    PIB: mantida em 0,34%

    O Focus é uma pesquisa feita pelo Banco Central com analistas de mercado. Na semana passada, a autoridade monetária enviou um questionário específico para usar de subsídios na próxima reunião do Comitê de Política Monetária, que será na semana que vem. A Selic está em 10,25% ao ano. Mercado fala, no geral, em corte de 1 ponto percentual. 

    Leia aqui outras notícias da colunista de Economia Giane Guerra

    Gaúcha
     
    Comentários