•  Porto Alegre
  •  Santa Maria
  •  Serra
  •  Zona Sul
14:00Gaúcha Repórter15:59
 
 
 
 
A
 
 
 
 

Guincho que presta serviço ao Detran chega quase três horas após o acidente e com a documentação atrasada

Acidente ocorreu no cruzamento Ipiranga com Rua Santana

Foto: Mauro Saraiva Júnior / Rádio Gaúcha

O acidente ocorreu logo após às 6h da manhã no cruzamento da Avenida Ipiranga com a Rua Santana. Uma colisão entre um automóvel Citroën com placas de Porto Alegre e uma Van da prefeitura municipal de Turuçu. O motorista da prefeitura, Edson dos Santos, ferido no braço, foi encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro. Com o choque a caminhonete Van quebrou o eixo, ficando atravessada na Avenida Ipiranga, sentido do bairro ao Centro, o que resultou em congestionamento também nas ruas São Luis e Ramiro Barcelos. 
Com a demora do guincho os agentes da EPTC resolveram puxar a Van com a própria caminhonete da empresa de trânsito, com o objetivo de liberar uma faixa. Enquanto isso o motorista ferido foi atendido, medicado e liberado no HPS, retornando ao local do acidente sem que o guincho chegasse. 
Só depois de quase três horas o guincho que presta serviço ao DETRAN chegou, porém, com a documentação vencida. Como o congestionamento já afetava várias ruas e avenidas da capital, e temendo que o acionamento de um novo guincho demorasse ainda mais, os agentes decidiram autorizar que o guincho retirasse os veículos acidentados do local e os levasse até o depósito do Detran, onde o guincho também ficou recolhido. 
A direção do Detran divulgou uma nota informando que o Centro de Remoção e Depósito Speed Way recebeu chamado às 7h12min para retirar veículos acidentados que estavam bloqueando a avenida Ipiranga na altura da esquina com a rua Santana. Como guincho encontrava-se na zona Norte só conseguiu chegar ao local pouco antes das 9h, devido ao intenso trânsito na região e ao próprio bloqueio na Rua Santana. No documento comunica que será aberto processo administrativo para o caso. As punições previstas para os credenciados partem de advertência e vão até descredenciamento.
Comentários