A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/06/2017 19h46

    Guto Ferreira justifica opção por Cirino no ataque do Inter: "Competitividade"

    Técnico valorizou o empenho do jogador colorado na Série B

    Foto: Leonardo Acosta

    Foi ao final da entrevista coletiva, após o empate com o Santa Cruz, que Guto Ferreira explicou a opção pelos seus atacantes. Neste sábado (17), no Arruda, o técnico montou seu setor ofensivo com Sasha, Marcelo Cirino e Nico López. Goleador do Gauchão, Brenner novamente ficou no banco de reservas.

    Com a baixa produção no ataque, o Inter quase nada assustou o time pernambucano. Perguntado sobre pelo qual manteve Cirino durante os 90 minutos, Guto Ferreira explicou:

    — O Marcelo compete bastante, briga. Na realidade, na Série B, mais do que nunca, tem que competir.

    O elogio que fez ao atacante não foi feito a Brenner, que, na visão do treinador, precisa evoluir em um ponto específico:

    — Jogou contra o Figueirense e faltou competitividade. Estou trabalhando para mudar isso.

    Sobre Nico López, o técnico afirmou que o uruguaio era "muito leve em campo". Aos 19 minutos do segundo tempo, o jogador foi substituído por Diego.

     
    Comentários