A
     
     
     
     
     
     

    Inter faz ajustes para evitar venda de muitos jogadores em 2016, diz vice-presidente

    Pedro Affatato revela que clube já está gastando abaixo do orçamento previsto

    Goleiro Alisson está na mira do futebol italiano

    Foto: Rafael Ribeiro /CBF

    O Inter está fazendo uma série de ajustes financeiros para evitar a venda de muitos jogadores na próxima temporada. A afirmação é do vice-presidente de finanças Pedro Affatato. Em entrevista ao programa Estúdio Gaúcha, nessa sexta-feira (4), o dirigente revelou que ainda não é possível precisar quantos atletas serão negociados na próxima janela de transferências. Affatato garantiu que o clube trabalha para que o número seja reduzido e não prejudique a competitividade da equipe.

    "Hoje nós temos como modelo e até como necessidade a função da venda de atletas. Tem que existir um equilíbrio. É preciso pensar na venda e na reposição, como a gente sempre fez. Montar um time competitivo é o nosso objetivo maior. Claro que haverá um valor do orçamento oriundo da venda de jogadores. Quando menor for a necessidade de fazer isso, menos jogadores serão vendidos. Existe uma série de ajustes que estamos fazendo para tentar vender o menor número possível", disse Affatato.

    O dirigente colorado também confirmou que o Inter está perto concretizar um empréstimo. Tramites burocráticos bancários estão sendo resolvidos para que um valor perto dos R$ 50 milhões seja liberado para a sequência de 2015. Além disso, Affatato destacou que o clube já está gastando abaixo do orçamento previsto para ter uma melhor saúde financeira no próximo ano.

     
    Comentários