A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 10/09/2015 8h08

    Levy diz que País não está em crise após redução da nota de crédito

    O ministro admite, no entanto, que o rebaixamento tem impacto na economia

    O orçamento do ano que vem do governo federal projeta um déficit de R$ 30 bilhões

    Foto: Salmo Duarte /Agencia RBS

    O ministro da Fazenda, Joaquim Levy,  garantiu que o País não está à beira de uma crise, ao comentar a perda de investimento para a a economia brasileira anunciada pela agência de risco Standard & Poors. Levy concedeu entrevistas ao Jornal da Globo e ao Jornal Nacional na noite de quarta-feira (9).

    O ministro admite, no entanto, que o rebaixamento do País tem impacto em diversos aspectos da economia. Segundo ele, essa decisão da agência de risco indica a importância de o governo continuar o trabalho da recuperação fiscal como uma das principais alavancas para a retomada do crescimento.

    Levy lembrou, ainda, que assumiu a Fazenda para fazer o ajuste fiscal. Para garantir isso, o ministro reafirmou que o governo deve e vai cortar gastos e que os cortes serão maiores dos que já aconteceram em alguns casos.

    O orçamento do ano que vem do governo federal projeta um déficit de R$ 30 bilhões.

    Gaúcha com informações da Agência Brasil
     
    Comentários