A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 19/05/2017 12h49

    Mais de 600 donos de imóveis em bairro de Santa Maria questionam cobrança de IPTU

    Recadastramento urbano da prefeitura mapeou 'puxadinhos' em Camobi

    Foto: Assessoria Prefeitura de Santa Maria /Divulgação

    Mais de 600 donos de imóveis do bairro Camobi, o maior da cidade, procuraram a prefeitura de Santa Maria para questionar a cobrança de IPTU sobre área irregular que passou, recentemente, por um recadastramento urbano. A Secretaria de Finanças realizou, na última quinta-feira (19), 621 atendimentos de donos de imóveis no bairro. Conforme a prefeitura, foram protocolados 82 pedidos de reavaliação do que foi apontado pelo recadastramento. Desse número, apenas dois deles procederam em seus questionamentos, afirma a prefeitura.

    O recadastramento urbano de Santa Maria – que mapeou 75 mil imóveis no município – aponta para inconsistências em 2.751 mil deles em Camobi, de uma amostragem total de 8 mil imóveis no maior bairro da cidade.

    Agora, para a próxima semana, a Secretaria de Finanças deve definir qual o próximo bairro que deve ingressar na fase de revisão e cobrança do IPTU sobre os chamados "puxadinhos".

    Gaúcha SM
     
    Comentários