A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 17/02/2017 16h37

    Moradores voltam para prédio após abalo provocado por obra da Corsan

    Mais de 20 apartamentos foram interditados por pelo menos cinco horas em Esteio

    Terra abaixo da estrutura cedeu durante a escavação

    Foto: Divulgação /Defesa Civil

    Depois de pelo menos cinco horas afastados de suas casas, moradores do condomínio Esteio Belo, em Esteio, voltaram aos apartamentos no final da noite de quinta-feira (16). Isso só foi possível depois que foi instalado, no local, um painel de contenção.

    O abalo na estrutura do prédio foi causado por uma obra da Corsan na Rua Bento Gonçalves. O terreno cedeu depois que a empresa terceirizada da companhia de água começou a escavação.

    Moradores de 24 apartamentos tiveram que ser removidos às pressas pela Defesa Civil da cidade, comandada pelo coordenador Alexandre Camboa. A prefeitura de Esteio garante que acompanhará os trabalhos até a conclusão da obra.

    Gaúcha
     
    Comentários