A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 12/08/2017 11h59

    Na véspera do Dia dos Pais, comércio de Caxias prevê aumento de vendas entre 1,5% e 3%

    Procura maior é por itens de vestuário, e lojistas apontam queda na busca por artigos eletrônicos

    Foto: Suelen Mapelli /Agência RBS

    O comércio de Caxias do Sul registrou movimento desde as primeiras horas de abertura na manhã deste sábado (12) na véspera do Dia dos Pais. De acordo com presidente de entidades lojistas da cidade, a procura maior indica que as previsões de aumento de vendas em relação ao ano passado podem se confirmar. 

    De acordo com Ivonei Pioner, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Caxias, a estimativa é de 3% de crescimento real (já descontada a inflação) na comparação com a data comemorativa do ano passado. Segundo ele, a semana foi movimentada, mas os últimos três dias são os de movimento mais forte. Roupas e calçados são os produtos mais procurados, mas ele chama atenção para o aumento da procura por artigos de cozinha. Pioner também relata a percepção de lojistas de queda na busca por eletrônicos, até pelo preço mais elevado dos produtos.

    Sadi Donazzolo, presidente do Sindilojas de Caxias, diz que trabalha com a projeção da Fecomércio de crescimento real de 1,5%, mas acredita que a cidade pode superar esta expectativa, chegando a 2,5%, por estar apresentando melhores sinais na economia em relação a outras regiões do Estado. O presidente da entidade destaca, no entanto, um crescimento ainda tímido pelo desemprego.

    A Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo prevê que o Dia dos Pais movimentará no comércio do Rio Grande do Sul um equivalente a R$ 357 milhões com a compra de presentes e estima um gasto médio entre R$ 113 a R$ 125 por presente.

    Em Caxias, o comércio fica aberto neste sábado até as 18h, e os shoppings até as 22h.

    Gaúcha
     
    Comentários