A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 16/07/2017 19h15

    Oposição diz que duas pessoas morreram durante plebiscito informal na Venezuela

    Grupo de homens armados atirou contra população, de acordo com fontes da oposição ao governo de Nicolás Maduro

    Duas pessoas morreram e quatro ficaram gravemente feridas no oeste de Caracas, capital da Venezuela neste domingo (16) durante a realização da consulta popular da oposição sobre o processo Constituinte promovido pelo governo de Nicolás Maduro. De acordo com fontes da oposição, um grupo de homens armados atirou contra as pessoas que participavam da mobilização.

    Os participantes da consulta tiveram que responder se estão ou não de acordo com o processo constituinte proposto pelo chavismo e, além disso, se são favoráveis a um governo de transição. A votação da consulta, feita à margem do Poder Eleitoral, é considerada um plebiscito pela coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD).

    No exterior, foram habilitados 667 pontos de votação, distribuídos em 602 cidades de 100 países.

     

    Gaúcha, com informações da Agência Brasil
     
    Comentários