A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 10/09/2015 12h08

    Pentacampeão pela Seleção é alvo de operação da Polícia Federal

    Investigação aponta que esquema fraudou pagamento de loterias da Caixa Econômica Federal

    Edilson (à direita) em ação pelo Brasil

    Foto: Mauro Vieira /Agência RBS

    A Polícia Federal realizou na manhã desta quinta-feira (10) a Operação Desventuras, que investiga fraude nos pagamentos de loterias da Caixa Econômica Federal (CEF) . Segundo informações do jornal Estadão, o ex-jogador, pentacampeão mundial pela Seleção Brasileira, Edílson, é um dos alvos da investigação.

    A publicação conta ainda que, segundo os investigadores, o esquema contava com ajuda de correntistas do banco, escolhidos por movimentarem grandes quantias de dinheiro. Eles teriam sido usados para recrutar gerentes da Caixa para a fraude. Edilson Capetinha fazia parte do grupo dos correntistas.

    A quadrilha descoberta pela Polícia Federal causou prejuízo ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O esquema desviou milhões de valores de bilhetes premiados, não sacados pelos ganhadores, dinheiro que seria destinado ao Fies.

    Nove foram presos até agora. A operação da Polícia Federal acontece em Goiás, Bahia, São Paulo, Sergipe, Paraná e no Distrito Federal.

    No ano passado, os premiados nas loterias da Caixa deixaram de resgatar R$ 270 milhões. Em nota, a Caixa afirmou que está colaborando com a Polícia Federal e que abriu investigações para apurar eventuais responsabilidades de empregados do banco no caso.

    O jogador ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

     
    Comentários