A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 19/06/2017 9h52

    Polícia surpreende quadrilha que iria executar rivais na Região Central

    Quatro homens foram enviados por facção para matar desafetos, mas ação foi antecipada por investigadores

    Homens foram presos pela polícia, que descobriu o plano de uma execução

    Foto: Polícia Civil

    Uma informação sigilosa levou a Polícia Civil de Cachoeira do Sul, na Região Central, a evitar uma ofensiva que tinha como objetivo a execução de dois homens na cidade, na madrugada desta segunda-feira (19). Quatro suspeitos foram presos.

    Conforme o delegado Ricardo Milesi, a polícia descobriu que um bando armado havia sido enviado de Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo, para Cachoeira do Sul, em uma viagem de mais de 100 km. A missão deles era clara: executar desafetos ligados a uma facção rival.

    Os policiais da cidade foram ativados pelo delegado. O carro dos bandidos, um Renault Fluence roubado em Gravataí, passou a ser monitorado. Quando os criminosos estacionaram próximo da rodoviária da cidade, a polícia agiu, conseguindo imobilizar a quadrilha. Foram encontrados no veículo pistolas 9 milímetros, toucas-ninja e coletes à prova de bala. 

    "A nossa cidade vive uma guerra entre dois grupos que tentam controlar os principais pontos de venda de drogas, e isso motivou o crime evitado", relata o delegado Ricardo Milesi. 

    O delegado trabalha, agora, para encontrar o mandante do crime.

    "Essas facções têm o controle no sistema prisional. Não sabemos ainda quem determinou, mas vamos nos esforçar para encontrar a resposta", diz Milesi.

    Gaúcha
     
    Comentários