A
     
     
     
     
     
     
    - Atualizado em 12/01/2017 9h51

    Quatro pessoas da mesma família são executadas na zona norte de Porto Alegre

    Vítimas foram retiradas de casa e mortas no meio da rua

    Bruno Teixeira

     

    bruno.teixeira@rdgaucha.com.br

    Daniel Fraga

     

    daniel.fraga@rdgaucha.com.br

    Foto: Brigada Militar

    Quatro pessoas da mesma família foram mortas a tiros na madrugada desta quinta-feira no bairro Sarandi, em Porto Alegre. Eles foram retirados de casa e mortos no meio da rua. A polícia diz que é caso está relacionado à guerra do tráfico, mas familiares afirmam que eles foram mortos por engano.

    As vítimas são três irmãos e um primo. Eles foram identificados com Cristiano Juver, 41 anos, Fernando Juver dos Santos, 31 anos, Marcelo Juver dos Santos, 34 anos, e Lucas Nascimento dos Santos, 18 anos.  O crime ocorreu por volta de 1h30, na Rua Pedro Moreto com Rua Jakson de Figueiredo.

    De acordo com a delegada Roberta Bertoldo, da 3ª Delegacia de Homicídios, as vítimas não tinham antecedentes criminais. A polícia vai investigar se os quatro possuíam algum tipo de relação com o tráfico de drogas.

    Testemunhas relataram que quatro homens invadiram a casa das vítimas disfarçados de policiais, vestindo tocas ninjas e camisetas com a inscrição POE (em referência ao Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar). Mais de 50 disparos foram efetuados. Capsulas de fuzil 762 e de armas de menor calibre, entre elas 12 e 9 milímetros, foram encontradas pela perícia no local do crime.

    Os irmãos moravam na Rua José Firmino e foram levados até Rua Pedro Moreto com Rua Jakson de Figueiredo, onde foram executados.

    Gaúcha
     
    Comentários